Ademar compra R$ 20 mil de cada agricultor para merenda!

Agricultores e familiares participaram hoje (24/02) com o prefeito Ademar Delgado da assinatura de contrato para aquisição de produtos através do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Voltado para a agricultura familiar o orçamento do programa é de R$ 1 milhão e 500 mil, para este ano e em três chamadas.

Ao todo, 24 contratos foram assinados nesta chamada pública para compra de banana, melancia, laranja, abacaxi, mamão e maracujá. Cada agricultor poderá vender até R$ 20 mil. O valor dos produtos é definido de acordo a cotação do mercado.

Na oportunidade, o prefeito Ademar Delgado destacou que o PNAE representa uma oportunidade dos agricultores melhorarem a qualidade de vida e de que os alunos tenham uma alimentação de qualidade. “Quando cuidamos da agricultura familiar, estamos cuidando do planeta, das pessoas e do progresso, isso é sustentabilidade e uma prova de que é possível fazer agricultura no Município”, finalizou.

A observação do prefeito foi confirmada na fala da agricultora Edna Lúcia Gomes da Silva, da localidade de Cancelas. “Este é um passo importante para a melhoria da vida do homem do campo”, disse aos presentes.

O secretário do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca, Luis Orlando, destacou o papel do governo, que é de respeito aos agricultores familiares. “Esta assinatura mostra a inclusão numa sociedade que cada vez mais conquista a sustentabilidade. Com isso, os agricultores estão conquistando a sustentabilidade econômica”, frisou o secretário.

Pela primeira vez, a agricultora, Ana Patrícia Santos dos Passos Silva, de 38 anos, participa de um programa de governo e está na expectativa. “Espero que esta seja uma oportunidade bem lucrativa para a gente e boa para os estudantes que vão receber produtos de qualidade”, comentou.

Esta é a assinatura de contrato da segunda chamada pública que tem orçamento anual para compras de R$ 480 mil. A primeira, voltada para compra de bolo simples, aconteceu em dezembro e contemplou 56 mulheres da COPERASH (Cooperativa de Produtores da Barragem Santa Helena), o valor é de R$ 500 mil e os produtos já estão sendo distribuídos nas escolas. O restante de verba será voltado para o compra de hortaliças, na terceira chamada pública. Em todas as chamadas foram habilitados agricultores do Município.

Em Camaçari, o PNAE para a agricultura familiar acontece através da parceria entre a Sedap (Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca) e Seduc (Secretaria de Educação). Os produtos abastecerão 114 escolas da Rede Municipal e creches conveniadas à Prefeitura. Por lei, ao menos 30% dos produtos adquiridos pelo programa devem ser oriundos da agricultura familiar.

Estavam presentes os secretários de Governo, Jailce Andrade, dos Serviços Públicos, Zé de Elísio, da Administração, Lezineide Andrade, e o vereador Gilvan Souza (PT).

Fonte: http://www.camacarinoticias.com.br/home.html

Publicado por

Joelson Ribeiro Macêdo

Estudou Geografia na UCSAL, Agente Político, militante do PCdoB, sindicalista e ex-secretário Municipal de Esporte e Lazer de Camaçari - Bahia. Conselheiro da Cidade do Saber e Assessor do Executivo Municipal. Filho de Camaçari, apaixonado pela minha cidade! "De bem com a VIDA"

Deixe uma resposta